quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Os Fera - Raças Metamórficas Parte 2




Fala galera tudo bom? Estou de volta com os metamorfos que vocês gostaram tanto de conhecer um pouco mais.

Não os conheceu ainda? Dê uma olhada nesta matéria: Os Fera - Raças Metamórficas Parte 1

Agora trazendo o resto dos fera que estão rodeando o mundo das trevas e o universo de lobisomem o apocalipse.








Kitsune


São os mais jovens metamorfos que andam pela terra, dizem ser derivados de uma deusa raposa que apareceu em tempos de guerras, mas ainda é discutido suas origens, mas todas e a principal sendo de origem oriental. Estes metamorfos não possuem a capacidade de se regenerar que logo leva a capacidade de absorver prata como um dano qualquer.
Um detalhe estranho é o ato do nascimento de um kitsune, pois o processo de parir um kitsune é sobrenaturalmente doloroso, tão doloroso que é bem possível que a mãe irá morrer após o parto, derivando de casta pra casta das kitsunes, porem em algumas destas castas, até mesmo o pai pode morrer pois ele também sofre sobrenaturalmente a dor incrível do parto. Isso faz com os que sobrevive crie ou um ódio absurdo sobre seu filhote ou um amor incondicional.


Peculiaridade: As raposas possuem suas bases e lendas derivada da grande raposa de nove caudas, por sua vez quando uma raposa sobe na hierarquia das raposas, ela dobra sua longevidade e ganha uma cauda a mais, logo supostamente uma raposa que atingiu o nono posto (que não é igual aos do lobisomens), elas alcançam a imortalidade (ainda discutível se é contra o tempo ou contra os danos também).




Mokolé

Possuindo 3 formas eles são seres filhos do sol possuindo um defeito com o ouro assim como a prata. São poucos os que existem hoje e trabalham arduamente quando o assunto é eliminar um Garou desde a guerra da fúria. São destemidos graças a sua forma de batalha Arquide que é pode variar de Dragões voadores a Tiranossauro com mandíbulas que podem partir um Garou ao meio. 

Estes poderosos inimigos são considerados a memoria de gaia, por serem acredito eu os mais antigos metamorfos (datam da era dos homens das cavernas), seu defeito do ouro vem diretamente ao seu ligamento espiritual com o sol. As historias contam de mokoles em sua forma arquide que é capas de chegar a mais de 20 metros tendo poderosas garras e uma resistência que poucos possuem.
Talvez seja isto que os fizeram sobreviver as eras, mas com certeza não foram os lobisomens que os ajudaram a sobreviver, pois quando os lobisomens sobrepujaram os fera os que ficaram mais ameaçados de extinção foram os mokolé, por conta disto eles hoje em dia odeiam os lupinos e sempre que tem a oportunidade dilaceram suas carnes com suas fortes mandíbulas.

Para complementar os mokolé possuem apenas três formas de transformação, a forma hominídea, a arquide (ou arquidea) e a suchid que é sua forma de nascimento como por exemplo um crocodilo americano, porém esta ultima sempre será um crocodilo ou jacaré nascido em diferentes partes do polo, logo também confere diferentes atributos ao se transformar. E todos "nascem" sabendo falar uma linguagem em comum, a língua do dragão que é uma memoria de seus antepassados reis lagartos.

No brasil existe um livro traduzido desta raça metamórfica e é a única então traduzida, e que por sinal é bem barato podendo ser achado por fáceis 30 reais até menos.

Na minha sincera opinião acredito que estes caras são provavelmente o pior inimigo que voçe poderá enfrentar fisicamente.


Peculiaridade: Nunca existiu um mokolé que fosse igual na forma Arquide. Todos distinguem diferentes habilidades seja no céu, água ou terra. Como dito podem ser Hidras marinhas de 20 metros com 3 cabeças ou um Acrocantossauro que tem com uma regeneração de membros extremamente evoluídas.






Nagah

Os nagah tem como função no mundo de eliminar qualquer metamorfo que saia da trilha ( por assim dizer ), eles agem como algozes e juízes que determinam quem deve morrer e assim caça-los. Não se sabe ao certo quantos Nagah existem pois eles não se mostram até que seja necessário. Uns grupos de metamorfos contam que são quase extintos mas a coisa não é bem assim não. Eles forjaram sua extinção quando se inciou a guerra da fúria (irei descrever em detalhes em outro post) indo para os misticos lados umbrais e ficando lá, eles se esconderam tão bem que nem mesmo na umbra foram vistos, visto isso sabe-se que pouquíssimos morreram por causa da guerra e até os tempos modernos eles são muito populosos e atuam secretamente em assassinatos importantes em que são contratados.

Sua organização é tão secreta que os nagah possuem uma certa paranoia crescente durante a vida quando se diz respeito de não se mostrar ou guardar segredos, sendo assim, um nagah sempre é desconfiado de tudo ao seu redor e se mantem alerta sempre para qualquer caso.

Esses metamorfos contam com o sangue frio, logo para recuperar gnose eles precisam estar submersos ou meio submersos na água para recuperar um ponto de gnose por hora. Isto se dá pela paciência e raiva enfraquecida, acarretando também no custo em dobro para se pagar fúria e se a fúria passar de sua força de vontade ela perderá um dado para cada ponto ultrapassado em testes sociais.

Possuem um veneno sobrenaturalmente potente que pode ser capas de matar um ser rapidamente. ( 7 de dano letal por mordida que contem veneno (sendo no máximo 3 por dia)

Possuem 5 formas que são: Balaram (hominídea), Silkaram (*Glabro), Azhi Dahaka (*Crinos), Kali Dahaka (*Hispo) e Vasuki (*lupina). * representa uma comparação as formas dos Garou.

Peculiaridade: As fêmeas Nagah quando estão "gravidas" diferentes de todos os metamorfos, elas SEMPRE sabem se o filhote vai nascer como um Nagah ou um simples humano ou uma simples cobra. Podendo assim definir qual filhote será um metamorfo e descartar os fracos.






Nuwisha

Conhecidos como trapaceiros os metamorfo de coiote tem uma reputação pouco agradável entre os fera. Nos tempos atuais estes metamorfos vivem na américa do norte porém ainda vagam pelo mundo para ensinar seus conhecimentos para quem queira os ouvir. Estes são os metamorfos de coiote.

Quando se fala trapaceiros quer dizer que eles curtem uma boa "pegadinha", que na visão deles é apenas uma brincadeira mas que visto pelos outros são muitas delas mortais, um exemplo bem definido é o coiote do papa léguas que sempre está tramando trapaças com bombas, pedras rolantes e outras coisas muito perigosas para conseguir capturar o seu inimigo.

Porem poucos conhecem caminhos e corta caminhos na umbra como estes caras, eles sabem ir de qualquer lugar para qualquer lugar do mundo pela umbra, a única exceção de conhecimento igual são os corax que sabem tanto ou mais que os nuwisha.

Numa batalha dificilmente eles irão enfrentar diretamente seu inimigo num confronto físico, eles irão estudar seu inimigo e promover diversas armadilhas e truques para matar seu inimigo.

Peculiaridade: Eles se regeneram como os lobisomens porem não sofrem dano ou perca de gnose pela prata e não possuem furia que logo leva a não entrar em frenesi.




Ratkin

Esses caras estão a bera de uma extinção e perambula pelos esgotos das cidades sobrevivendo, pois quase foram dizimados na guerra da fúria pelos garou. Os metamorfos de rato são natos na sobrevivência e em carregar doenças pelas áreas de seus inimigos já os Ratkin são imunes a doenças eles podem muito bem servir de "carregador de pragas".

Eles atualmente acredite se quiser das raças metamórficas são os mais numerosos e também os mais PERIGOSOS, sim estes caras beiram a loucura, são completamente insanos e atacam qualquer um que veem pela frente seja humanos garous ou vampiro. Eles tocam o foda-se e caem pra luta kkk... Serio eles botam fogo em laboratórios que usam ratos e destroem cidades por terem uma raiva inabalável contra a weaver (quem sabe um post sobre a grande tríade espiritual eim?). Isto fez com que desistissem muito cedo da humanidade fazendo com que se virassem contra os humanos e os hominídeos de sua raça.

Bem sua sobrevivência a guerra da fúria se deu por conta por causa de sua incrível capacidade de reprodução (sim igual as dos ratos perto da sua casa), eles se desenvolvem numa velocidade extrema e num ritmo sempre crescente.

Eles são tao filhos da mãe que sabem de sua condição de fraqueza física e utilizam de uma estrategia muito conhecida pelos humanos como TERRORISMO pra atacar as cidades, contando com suas especialidades em bombas físicas e químicas... Da pra crê nisso ? Utilizando seus corpos como disseminadores de doenças perigosíssimas como a peste, gripe e varíola.

Eles são tão ligados aos seus outros membros que possuem uma memoria sanguínea, que podem acessar para achar outros ratkin sejam ancestrais ou ratkins com quem nunca se encontraram.
Vou falar mais nada sobre eles vei kkk, tem coisa de mais ainda...

Peculiaridade: Os Ratkin conseguem "passar" sua maldição de homem-rato para outros parentes apenas mordendo eles, claro e ser bem sucedido em um pequeno ritual que incita a primeira mudança, ai varia da vitima se vai sobreviver e virar um Ratkin ou morrer.






Rokea

Vamos Lá vou começar com um pouco conhecido mas que tem potencia pra destroçar um garou e qualquer outro ser que se encontre em baixo d'água, os Rokea....
Metamorfos de Tubarão que são as maquinas de matar e possui 5 formas sendo 3 especiais para matar.

Essas maquinas de matar imortais (veja peculiaridades) atualmente tomaram interesse nas partes acima do mar e podem ser mais encontrados com facilidade acima do mar. Uma vez que também são populosos pois a guerra da fúria não chegou debaixo d'água. Sendo orgulhosos pelo seu "reino" subaquático eles lembram um pouco o aquaman quando se fala de um pouco de apatia pelos humanos, que atualmente poluem e destroem as aguas marítimas.

O evento de Turna'a - Explosão Nuclear = Foi um evento conhecido como operação naval de wigwam, um evento que nunca deveria ter acontecido e que nunca será esquecido pelos rokea. O "evento" aconteceu em 1955 e teve como local atingido a costa de San Diego, a mais ou menos 500 milhas de lá. O problemas é que nesse local acontecia uma uma pequena reunião de alguns rokea... A explosão nuclear os atingiu em cheio, deixando sangue pelo mar derramado, como um grande mar vermelho, poucos rokea que conseguiram sobreviver (por estarem mais distante do local da explosão) escaparam para a umbra antes que os humanos chegassem na localidade.

Eles depois de um evento envolvendo os humanos, os rokea passaram a sentir medo dos humanos pois suas armas no evento de Turna'a, mostraram que os humanos são muito fortes; mas este medo so serviu de incentivo para se reproduzirem mesmo que isto seja uma tarefa difícil para eles por sua gestação de longa duração.

Atualmente qualquer um que saiba informações sobre quem lançou, ou se foi algum ato de ataque eminente, irá ganhar recompensas e então poderão sanar sua imensa fúria obtida naquele dia.

Detalhe: gostaria de dizer que os eventos de Turna'a realmente aconteceram em 1955 e para provar tal teste gostaria de deixar um link para o VÍDEO da explosão, é só avançarem para  21:30 minutos do vídeo:

link do vídeoTurna'a

Peculiaridade: Os Rokea ao chegar a fase adulta ou maturidade ele simplesmente param de envelhecer, morrendo apenas por danos.

Bom galera agora voçes conhecem todos os meta.... Opa não falta alguns que vocês ainda não conhecem as raças de feras PERDIDAS, mas esses ficaram para a especial parte 3 e final das raças metamórficas do mundo das trevas.

Não se esqueça de comenta e compartilhar caso tenha gostado beleza?

Link para parte 3: Os Fera - Raças Metamórficas Parte 3

San.Olligan


Um comentário: